Human Rights Watch | Defending Human Rights Worldwide

In the rubble of the Engineers’ Building, Karam al-Sharif, an UNRWA employee, holds one of his 18-month-old twin boys killed in the October 31 Israeli airstrike on the building that killed at least 106 civilians, including 5 of his children and 5 other relatives.

Gaza: Ataque israelense que matou 106 civis é um aparente crime de guerra

Um ataque aéreo israelense a um prédio residencial de seis andares que abrigava centenas de pessoas no centro de Gaza, em 31 de outubro de 2023, é um aparente crime de guerra, disse hoje a Human Rights Watch. O ataque, que matou pelo menos 106 civis, incluindo 54 crianças, está entre os incidentes mais letais para civis desde o bombardeio e a incursão terrestre do governo israelense em Gaza após os ataques liderados pelo Hamas contra Israel em 7 de outubro.
202301ehr_brazil_amazon_collage

A luta de uma pequena comunidade por subsistência e pelo planeta

Explore o relatório interativo aqui

Relatórios

Mais relatórios

Notícias