Declaração da Human Rights Watch sobre o golpe no Peru

A Human Rights Watch condena categoricamente a tentativa do ex-presidente Pedro Castillo de minar o Estado de direito no Peru. Em 7 de dezembro de 2022, o então presidente anunciou a dissolução temporária do Congresso e a “reorganização” do Judiciário, do Ministério Público e de outras instituições, o que na prática constitui um autogolpe.

Notícias

Our people