Skip to main content

Declaração: Fim da repressão contra artistas em Cuba

Nós, os artistas signatários – junto com PEN International, PEN America’s Artists at Risk Connection (ARC) e Human Rights Watch –, convocamos o governo cubano a respeitar o direito fundamental à liberdade de expressão, incluindo a liberdade artística, em Cuba. O governo cubano deve parar imediatamente com os graves abusos ​​contra artistas, libertar todos os artistas detidos arbitrariamente e retirar todas as acusações contra eles.

A arte é poderosa. Independentemente da disciplina, a arte nos permite revelar verdades sobre nossa sociedade e sobre nós mesmos, promover o diálogo, expressar nossa identidade cultural e testemunhar a desumanidade. Os artistas podem reunir nossas comunidades e servir como um farol de luz em meio à escuridão. É por causa do poder da arte que muitos governos, incluindo o governo cubano, temem e condenam os artistas.

Artistas cubanos, incluindo os movimentos San Isidro, 27N e Arquipélago, chamaram a atenção nacional e internacional para o cruel desrespeito do governo cubano pelos direitos humanos, criando parcialmente as bases para os protestos massivos que eclodiram em todo o país em 11 de julho de 2021. Durante anos, esses artistas independentes organizaram manifestações pacíficas e cada vez mais usam a internet para mobilizar protestos e relatar abusos. Por exemplo, a canção viral "Pátria e Vida" (Patria y Vida), que reutiliza o antigo slogan do governo cubano – "pátria ou morte" (patria o muerte) – para criticar a repressão no país, foi cantada por manifestantes durante os protestos.

Em resposta, o governo cubano tem sistematicamente perseguido artistas cubanos, incluindo, mais recentemente, aqueles que participaram dos protestos de 11 de julho. Dezenas de pessoas foram presas, detidas ou colocadas em prisão domiciliar. Várias permanecem detidas e enfrentam acusações criminais falsas. Outras estão em prisão domiciliar e sujeitas a vigilância constante. Muitas outras, que fugiram do país, não tiveram permissão para retornar e permanecerão no exílio no futuro próximo.

Não há justificativa para perseguir artistas por expressarem pacificamente seus pontos de vista. Pedimos ao governo cubano que respeite o papel fundamental que a arte e os artistas desempenham na sociedade e pare imediatamente de assediar os artistas por se engajarem em críticas políticas e sociais que não estejam de acordo com a ideologia rígida do governo.

Jogar artistas na prisão ou exilá-los do país para sempre – em resposta à sua arte, palavras e ideias – é abusivo e desumano. Temos orgulho de ser solidários com os artistas cubanos. A arte deve estar livre de censura e repressão, em Cuba e em todos os lugares.

Your tax deductible gift can help stop human rights violations and save lives around the world.

Região/País