A sede da Agência de Segurança Nacional (NSA) em Fort Meade, Maryland.

Handout via Reuters

(Nova York) – Edward Snowden informou hoje que a NSA (Agência Nacional de Segurança dos Estados Unidos) espionou organizações de direitos humanos, mas não especificou quais. Se a afirmação de Snowden proceder, esse será um claro exemplo do comportamento que os Estados Unidos condenam ao redor do mundo.

“Caso seja verdade que a NSA tenha levado a cabo a espionagem sobre grupos como a Human Rights Watch e Anistia Internacional, isso será algo escandaloso e um indicativo do excessivo alcance que a legislação americana concede a suas agências de segurança”, afirmou Dinah PoKempner, conselheira geral da Human Rights Watch. “Essas ações mais uma vez revelam a necessidade de uma reforma no sistema de vigilância indiscriminada dos Estados Unidos”.

A proteção dos defensores dos direitos humanos tem sido prioridade para o Departamento de Estado dos Estados Unidos, e essas ações desafiariam os valores de liberdade de associação e de expressão, disse a Human Rights Watch.