A polícia da Chechênia, uma república no sul da Rússia sob administração de Ramzan Kadyrov, está detendo homens percebidos como homossexuais, mantendo-os em centros de detenção secretos, espancando-os e humilhando-os. A HRW conduziu entrevistas em primeira mão com vítimas dessa campanha contra homossexuais promovida pela polícia e autoridades de segurança da Chechênia.