A crise humanitária da Venezuela está se espalhando para além de suas fronteiras, disse hoje a Human Rights Watch. Os governos da América Latina devem aplicar uma forte pressão sobre a administração de Maduro para solucionar a grave escassez de medicamentos e alimentos que está fazendo com que venezuelanos deixem o país.