Perícia continua a trabalhar no local perto do caminhão que atingiu uma multidão e matou dezenas de pessoas que celebravam o feriado nacional do Dia da Bastilha, 14 de julho, na Promenade des Anglais, em Nice, França. 15 de julho de 2016

© 2016 Reuters

(Paris) - O ataque de caminhão em Nice durante a celebração do Dia da Bastilha, em 14 de julho de 2016, é um ato execrável de violência que não pode ser justificado.

Pelo menos 84 pessoas foram mortas e muitas ficaram feridas, incluindo mais de 50 crianças, de acordo com fontes oficiais e um hospital local. Nenhum grupo assumiu a responsabilidade.

A Human Rights Watch expressa sinceras condolências às famílias das vítimas e deseja uma rápida recuperação aos feridos.

Uma série de ataques tem acontecido na França desde o início de 2015, incluindo múltiplos ataques em Paris em novembro de 2015, que mataram mais de 130 pessoas.

O ocorrido em Nice também segue uma série de trágicos ataques em massa em outros países, como em Istambul, Daca e Bagdá. Esses ataques mostram menosprezo pela humanidade.