Usuários do Facebook acusados de insubordinação e crimes virtuais por zombar do Primeiro Ministro, Gen. Prayut Chan-ocha, deixam o tribunal militar em Bangcoc, no dia 10 de maio de 2016.