Sacos de arroz vendidos na rua na cidade fronteiriça brasileira de Pacaraima. Muitos venezuelanos atravessam para o Brasil para comprar alimentos e remédios que não conseguem encontrar ou pagar na Venezuela. 12 de fevereiro de 2017.